cento e dezassete segundos


enviar este post por e-mailt



lembrar os meus dados (?)



toda a informação pessoal fornecida será¡ gerida com base na privacy policy de blogger.com. mais informação



[este post deve ser entendido como um espaço onde o leitor poderá imaginar o que quiser]


3 comentários a “cento e dezassete segundos”

  1. Anonymous Rose Dew 

    aparece-te o tempo e a circunstância dilata.
    curiosamente o momento pára a instância
    provávelmente ruiram metais e tempestades de pó
    onde o espaço da luz já era ínfimo
    a vida um som de ausência.

    uma paisagem ali
    e a imagem que vai.
    tudo o que o tempo te trouxe
    no limite do desequilíbrio
    não absorve a qualidade da sobrevivência
    nada te rodeia de ti.

    tempo em fuga

  2. Anonymous corpo visível 

    .
    um céu púrpura.
    .
    adagas.
    .
    moluscos resplandecentes.
    .

  3. Anonymous jose 

    eu estou a lembrar-me de iguaçu. não sei porquê.

clique para registar um comentário


autor

entrada

arquivo

projecto

rede

eco

difusão